Dicas para Viagens

7 erros que você deve evitar ao contratar o seguro viagem

por Laryssa Xavier Compartilhe

Se seu checklist de viagem não inclui um seguro viagem, as chances de que todo o seu planejamento vá por água abaixo é grande. Afinal, nunca se sabe quando um imprevisto pode arruinar aquilo que era para ser incrível, não é? Contratar o seguro viagem vai garantir a sua segurança e o controle do seu orçamento.

Mas você sabe como proceder na hora de contratar o seguro viagem? Se essa é a primeira vez que você irá contratar o serviço, é bom ficar de olho nas falhas mais cometidas pelos viajantes para não cair em pegadinhas.

Confira aqui quais os erros que você deve evitar na hora de contratar o seguro viagem e evite cada um deles.

Não comparar preços e coberturas

Uma coisa fundamental na hora de contratar o seguro viagem é fazer comparações dos preços e coberturas. Com apenas uma pesquisa, você garante o plano ideal para você e ainda consegue economizar ao comparar preços.

Infelizmente o pouco tempo e a agilidade levam muitos viajantes a fecharem com a primeira opção encontrada. Mas, existem outras alternativas que são práticas e ajudam a fazer essas comparações. Sites que fazem cotação online, como o nosso parceiro Seguros Promo, por exemplo, permitem que você faça a comparação de forma rápida de diferentes planos.

Leitores do Dicas Para Viagens tem 10% de desconto na hora de contratar o seguro viagem! Use o cupom DICAS10 no site Seguros Promo e aproveite.

Não conhecer o destino da sua viagem

Não conhecer o destino da sua viagem

Não dá para escolher o plano ideal do seu seguro viagem se você não sabe quais coberturas são essenciais para o seu destino.

Se sua viagem é para um destino que tem neve e você pretende esquiar, por exemplo, o seguro viagem só vai oferecer atendimento se a prática do esporte estiver na contratação do seu seguro.

Saber informações sobre seu roteiro de viagem pode te ajudar até a não pagar por serviços que não irá utilizar, como pagar por cobertura de práticas de esportes para uma viagem de negócios.

Além disso, conhecer seu destino de viagem pode te auxiliar a escolher a cobertura de valor ideal para sua viagem, afinal, muita gente contrata coberturas muito básicas que não contempla todos os gastos de destinos mais caros.

Não contratar o seguro viagem de acordo com seu perfil de viajante

Na hora de contratar o seguro viagem, uma dica valiosa é ficar atento ao seu perfil de viajante e quais são as coberturas que irão atendê-lo mais adequadamente.

Para as gestantes, é importante contratar o seguro viagem com assistência específica para te atender diante qualquer imprevisto.

Outro erro muito cometido pelos viajantes na hora de contratar o seguro viagem é contratar planos para estudantes sem estar de fato em uma viagem com fins estudantis. Em alguns casos, a seguradora pode exigir uma comprovação do estudo e negar o atendimento caso não exista.

Não responder o questionário corretamente

Não responder o questionário corretamente

Omitir informações no questionário também pode levar a seguradora a negar atendimento na hora que você aciona o serviço. Acreditar que omitir essas informações pode baratear o seguro viagem é uma ilusão e é preciso tomar cuidado, afinal, o barato pode sair caro.

Não ler atentamente a apólice ao contratar o seguro viagem

Um dos maiores erros, senão o maior, cometido pelo viajante ao contratar o seguro viagem é não ler a apólice do seguro. É fundamental que você conheça o serviço que está sendo contratado para saber as coberturas que tem direito. Assim, você não deixa de usar nenhuma delas durante a viagem nem fica na mão caso precise de alguma.

Lá você também vai encontrar informações muito importantes como o valor total da sua cobertura e se o atendimento é 24 horas. O item mais importante e que merece atenção especial é são as exclusões, pois lá estão todos os itens que o seu seguro viagem não cobre.

Não preencher as datas corretamente

Muita gente no momento de contratar o seguro viagem, colocam como data de início da cobertura o dia que irá chegar no destino. Esse pequeno erro causa mais dor de cabeça do que imaginamos.

Isso porque a data do contrato é o tempo de duração da apólice e ela começa a valer do dia que você colocou como partida, desde que você esteja a 100 km da sua residência.

Então, se você informa que sua viagem começa dia 10, mas seu voo sai no dia 9 e sua bagagem foi extraviada nesse mesmo dia, você não estará coberto pelo seu seguro viagem. Por isso é tão importante preencher as datas de ida e chegada do lugar que você saiu.

Não se informar sobre a cobertura do seguro viagem do cartão de crédito

Não se informar sobre a cobertura do seguro viagem do cartão de crédito

Deixar de contratar o seguro viagem com uma seguradora para usar o seguro do seu cartão de crédito pode ser arriscado se você não se informar sobre a cobertura oferecida. Algumas coberturas de cartões de crédito podem ser satisfatória, mas muita das vezes é básica para o custo médio do destino da sua viagem.

Além disso, para quem não tem cartões Gold ou superiores, a cobertura pode ser bastante limitada e acaba sendo prejuízo optar por elas, já que você precisará pagar a parte caso queira estar coberto em algumas situações.

Não viaje sem seguro viagem

Além de ser obrigatório em alguns destinos como na Europa, o seguro viagem é um item fundamental em qualquer viagem, seja nacional ou internacional. Ele vai garantir a sua segurança durante os dias em que você estiver longe de casa.

Para quem faz mais de duas viagens internacionais por ano a dica é contratar o seguro viagem anual Multi Trip. Com ele você viaja segurado – independente dos destinos ou períodos de viagem – com até 60% de desconto se comparar com os planos convencionais.

Saiba mais sobre o seguro viagem anual aqui.

Seja qual for o plano escolhido, com o cupom DICAS10 você tem 10% de desconto na contratação do seu seguro viagem no site do Seguros Promo. Lá, você ainda pode comparar até quatro planos de diferentes seguradoras e escolher o que melhor atende a sua viagem. Aproveite!