Conheça o museu de Inhotim: o cenário da série 3%

por Priscyla Fideles Compartilhe

Estreou no finalzinho de abril a 2ª temporada da série 3%, a primeira produção brasileira original da Netflix, e logo no primeiro episódio percebemos uma curiosidade magnífica na produção. A série 3% proporciona uma viagem para o museu Inhotim, o cenário do Maralto, a cidade fictícia da série!

Quem ainda não tinha ouvido falar do lugar mágico chamado Instituto Inhotim, então este é o post certo para você! Conheça e programe já sua viagem para o museu de Inhotim!

3% a primeira série brasileira da Netflix

Em uma realidade pós-apocalíptica, onde a elite vive no conforto do Maralto, todos os jovens de 20 anos e moradores do chamado Continente passam por um processo seletivo onde apenas 3% dos participantes serão selecionados para viver lá.

A primeira temporada da série 3% conta a trajetória dos participantes do Processo, já na segunda temporada mostra detalhes da fonte principal de curiosidade dos fãs: o Maralto. A ilha onde moram os vitoriosos do Processo teve como grande parte do seu cenário gravado no museu de Inhotim.

Já no primeiro episódio da 2ª temporada podemos identificar alguns pontos do museu e a famosa obra de Adriana Varejão.

Durante as gravações da série 3%, o museu de Inhotim continuou em funcionamento normal, limitando o acesso apenas para as áreas e obras em que entravam para o cenário da produção. As filmagens foram feitas com poucas obras por questões de direito de imagem.

museu do inhotim

Conheça o museu de Inhotim!

O museu de Inhotim é nada mais nada menos que o MAIOR museu a céu aberto de toda a América Latina. Com uma área de 110 hectares, o espaço coleciona cerca de 500 obras de mais de 97 artistas de nacionalidades diversas.

O museu foi construído em 2004 pelo minerador Bernardo Paz, com o objetivo de armazenar sua coleção de obras de arte. O museu de Inhotim foi aberto à visitação em 2006, com mais de 400 obras do mundo inteiro.

Fazer uma viagem para Inhotim é contemplar um misto de natureza e arte!

Além de poder admirar obras de artes contempladas no mundo inteiro, uma viagem para o museu de Inhotim proporciona a oportunidade de admirar a incrível sincronia entre a arte e a natureza. O museu ainda abriga lagos ornamentais, jardins com diversas espécies de plantas raras e exóticas, vindas de toda parte do planeta.

Saiba mais sobre o museu de Inhotim clicando aqui!

Viagem para o museu de Inhotim: quando ir?

Sinceramente, não há uma época ideal para visitar o museu de Inhotim. O lugar é tão incrível que em qualquer estação do ano que você decidir visitar vai ser maravilhoso.

Mas é claro que para quem se interessa em curtir os eventos promovidos no local, economizar na viagem ou evitar multidões para apreciar o espaço existem algumas dicas.

Para quem quer economizar numa viagem para o museu de Inhotim é ideal ir entre terça e quinta-feira, que aliás, nas quartas-feiras a entrada é gratuita. Terça e quinta a entrada custa R$ 25,00, de sexta a domingo custa R$ 40,00 e nas segundas o Instituto não abre.

Se você quer evitar multidões no museu, recomendo evitar os fins de semana e às quartas-feiras, que geralmente acontecem as excursões escolares.

Para ficar por dentro de todos os eventos em Inhotim, é só visitar o site e ficar atento à programação.

Viagem para Inhotim: como chegar?

museu do inhotim

Para chegar no museu de Inhotim, o cenário da série 3%, não é muito complicado. Inhotim fica no município de Brumadinho, em Minas Gerais. Para chegar no museu, a companhia Saritur oferece o transporte a partir da Rodoviária de Belo Horizonte em todos os dias da semana.

Os ônibus que fazem a viagem para o museu de Inhotim partem da rodoviária às 8h30 e volta às 16h30 nos dias de semana. Nos finais de semana e feriados, o ônibus parte de Inhotim às 17h30. A passagem de ida custa R$ 26,00 e R$ 25,65 de volta.

É necessário comprovante de vacina contra febre amarela

Em janeiro deste ano (2018) o museu de Inhotim passou a cobrar dos visitantes o cartão de vacina contra a febre amarela. Felizmente não há nenhum caso de doença registrado na área do museu.

Com a recente epidemia de febre amarela no país, a medida foi tomada para prevenir contaminação da doença nos animais e visitantes no instituto. Só é permitido acesso ao museu os visitantes que se vacinaram há pelo menos dez dias.

Filmes brasileiros na Netflix que te inspiram a viajar

Se você é daquele tipo de pessoa viciado em filmes e séries – ainda mais agora com a facilidade do Netflix –, misturar o prazer com a vontade de conhecer o mundo pode ser uma GRANDE combinação.

E para te inspirar ainda mais as suas próximas viagens, veja nossa lista de 7 filmes brasileiros na Netflix que te inspiram a viajar.