Dicas para Viagens

Vai viajar? Saiba como ter internet no exterior

por Priscyla Fideles Compartilhe

Não se trata apenas de comunicação e uso das redes sociais. Com a internet você consegue se localizar, tirar dúvidas sobre aquele trajeto que você não teve tempo de pesquisar bem, encontrar restaurantes, hospitais, lojas e diversas outras coisas.

Se você estiver indo viajar e ainda não sabe como fazer para ter internet no exterior, existem algumas opções que vamos apresentar aqui, levando em conta diferentes tipos de viajantes.

As opções que envolvem troca de chip, é necessário que seu celular seja desbloqueado, ou seja, que não tenha vínculo com nenhuma operadora e aceite a troca de chip.

Cuidado com o roaming da sua operadora

Internet no exterior

O primeiro alerta aqui é claro:
nem pense em utilizar seu chip no exterior sem ter contratado um plano específico para isso. As operadoras cobram valores exorbitantes – às vezes até sem avisar – e isso pode ser uma dor de cabeça para você depois. Se você não consegue desgrudar das redes sociais, pode ser uma boa opção consultar os valores de planos de roaming internacional junto a sua operadora, antes de viajar.

Chip Local

No exterior você também pode encontrar empresas telefônicas que vendem chips pré-pagos com serviço de internet assim como no Brasil. Através do site
Pre Paid GSM
você tem acesso a uma lista das operadoras separadas por países. Nele, você consegue realizar uma comparação de preços e pode já chegar ao seu destino decidido de qual operadora contratar, evitando perder tempo ao invés de aproveitar a viagem.

Essa pode ser uma das melhores opções para quem não abre mão de estar conectado e também não quer pagar muito caro por isso. Apesar de baratos, os preços variam de acordo com o destino. Vale lembrar que a internet oferecida pelas operadoras no exterior também possuem um limite de dados, e quando consumidos, podem reduzir a internet ou até bloqueá-la. Então, tire todas as suas dúvidas com a operadora que você escolher, para não ficar na mão em um momento importante.

Chip global

Este chip costuma ser um pouco mais caro, mas a vantagem é que ele cobre várias localidades. É o ideal para quem viaja muito a trabalho, está planejando um
mochilão
ou vai fazer uma viagem por diferentes países.

É importante verificar o valor das tarifas no seu país de destino, já que não existe um valor fixo para ligações, SMS e rede de dados. Os preços costumam ser mais salgados justamente pela dimensão da área de cobertura, mas se sua viagem for de negócios, é possível repassar as despesas telefônicas para a empresa.

Wi-fi

rede wi-fi gratuitamente

A forma mais prática e econômica é abusar dos lugares que disponibilizam de rede wi-fi gratuitamente. A maioria dos hotéis/hostels oferecem esse serviço aos seus hóspedes, além de muitos cafés e restaurantes. Franquias como o Starbucks e McDonald’s costumam pedir um cadastro por e-mail, e quem se cadastra pode se conectar em qualquer uma das lojas da franquia. Alguns pontos turísticos também disponibilizam wi-fi, como praças e parques.

Você provavelmente vai encontrar conexões disponíveis em vários lugares, mas elas podem não ser tão eficientes, principalmente as que atraem grande público. Além disso, você pode precisar de internet em algum lugar sem alcance do wi-fi e isso pode ser um problema se você precisar dele com muita urgência.

Gostou das dicas? Agora não tem como ficar off-line quando viajar, não é mesmo? Aproveite e leia nossas dicas para encarar um viagem longa de avião e chegar ao seu destino com muita disposição.