Dicas para Viagens

Vai para Fernando de Noronha? Não deixe de ler essas dicas!

por Priscyla Fideles Compartilhe

Quem nunca sonhou em conhecer Fernando de Noronha, não é mesmo? O arquipélago é considerado pela UNESCO como Patrimônio Mundial. Seu delicado ecossistema e suas incomparáveis belezas naturais, atraem turistas de todos os cantos do Brasil e também do mundo.

Noronha pode ser um destino bastante caro, mas é praticamente impossível ficar insatisfeito com uma viagem para lá. Para te ajudar a curtir essa viagem sem ir a falência, vamos dar dicas para economizar nesse destino sem ter que abrir mão do conforto e das atrações principais.

Economizando com passagem aérea

Passagens aérias para Fernando de Noronha

Apenas Recife e Natal fazem voos direto para a ilha. Se você não mora em nenhuma das duas cidades, será necessário comprar uma passagem até um dos destinos e outra passagem, da cidade escolhida para Noronha.

Para fazer a busca de passagens com melhores preços, você pode utilizar o site Mega Busca Passagem, ele busca os preços de diferentes companhias e agências de viagem. Falamos um pouco do site aqui. Outra opção é o site Passagens Promo, que trabalha com as principais cias aéreas e vende passagem com valores promocionais.

Já falamos aqui sobre como economizar com passagens aéreas, mas para o destino em questão temos algumas outras opções que podem ser mais econômicas caso você precise de mais de uma passagem para chegar.  O site Ilha de Noronha vende pacotes com valores mais baixos, já incluindo aéreo (saindo de Natal ou Recife) e hospedagem.

Outra dica super importante é ficar atento a época que irá viajar. Se possível, fuja da alta temporada (entre os meses de dezembro e fevereiro). Os preços podem ser assustadoramente maiores do que na baixa temporada (entre os meses de março e maio), que pode ser um dos melhores períodos para viajar para quem tem essa disponibilidade.

Onde se hospedar

Onde se hospedar em Fernando de Noronha

A Vila dos Remédios, é o centro da ilha, um dos melhores lugares para se hospedar devido a sua ótima localização. A Vila dos 30 e a Vila Floresta Nova também são boas opções. Ficando em uma dessas três vilas, você pode ir caminhando até as praias principais e aproveitar a vida diurna e noturna da cidade sem ter que se preocupar com transporte.

Como já era de se esperar, também não é barato se hospedar em Noronha. É difícil encontrar diárias em hotéis ou pousadas por menos de 200 reais. No site Airbnb, a situação também não é muito diferente, seja para aluguel de casas, dormitórios, ou até mesmo uma cama, o valor é sempre alto.

A opção para quem quer economizar é procurar por pousadas domiciliares. Essas pousadas são uma adaptação que os próprios moradores da ilha fazem em suas casas para receber os hóspedes. Apesar de não muito luxuosas elas possuem todo o conforto que você precisa. Além disso, a maioria permite que você tenha acesso a cozinha, o que já é uma economia com alimentação.

É importante frisar que os valores para hospedagem também variam de acordo com a temporada.

O que você não pode deixar de ver

O que você não pode deixar de ver em Fernando de Noronha

As atividades mais procuradas em Noronha são os passeios de barco, os mergulhos e o famoso Ilha tour, um passeio de 8 horas que te leva para conhecer os principais pontos da ilha. O Ilha tour custa cerca de 100 reais e apesar de ser um passeio cansativo, ele é praticamente imperdível. Ele vai te dar uma visão geral da ilha, para ajudar a decidir quais lugares você quer visitar.

As trilhas também são atrações incríveis, cada uma leva a um mirante. Algumas você pode fazer sozinho, outras é necessário o acompanhamento de um guia. Mas é preciso agendar a visita com antecedência no ICMBio localizado na Vila do Boldró. Isso porque, dependendo da época do ano, as trilhas podem ser bem concorridas. Para mais informações, clique aqui.

Atenção: Algumas trilhas e praias estão dentro do Parque Nacional Marinho (PANAMAR), e desde de 2012 é cobrado uma taxa para acessar esses lugares. O ingresso é pessoal e intransferível, tem validade de até 10 dias e atualmente o valor é de 99,00 para brasileiros e R$ 198,00 para estrangeiros.

Algumas atrações:

  • Observar os golfinhos

É praticamente impossível pensar em Noronha sem pensar em golfinhos. Mas se você quer ver um, vai precisar de disposição e um pouquinho de sorte. 6h30 da manhã é o horário mais provável para ver as estrelas da ilha. O ponto de observação é o Mirante do Golfinho, você chega até ele através da Trilha do Golfinho.

  • Mergulhos

Estamos falando aqui de um dos melhores lugares do mundo para mergulhar. Os mergulhos com cilindro te dão uma visão completa das mais diversas espécies escondidas no fundo do mar. Mas se você tem medo de mergulhos profundos, basta ter uma máscara e um tubo de respiração para observar os peixinhos que também são encontrados mais próximos à superfície.

  • Praias

É díficil escolher a praia mais bonita da ilha, mas podemos fazer um top 5 das queridinhas dos turistas. São elas:

    • Atalaia: apesar de ser conhecida como praia, Atalaia é na verdade um incrível aquário natural. Lugar perfeito para quem quer observar a vida marinha;
    • Baía do Sancho: considerada uma das praias mais bonitas do Brasil, Atalaia é de difícil acesso mas a paisagem compensa, tanto que a principal foto dos turistas da ilha é feita ali;
  • Praia do Cachorro: Devido ao seu fácil acesso e ótima localização, essa é uma das praias mais procuradas pelos turistas que se hospedam na Vila dos Remédios e não querem ir muito longe;
  • Praia do Leão: Essa é a principal praia onde as tartarugas desovam, por isso, seja cuidadoso ao caminhar pela areia. A praia possui um visual deslumbrante e é muito procurada por quem quer ver de perto as tartarugas;
  • Baía dos Porcos: Temos aqui outra praia considerada uma das mais bonitas do país, é ótima para a prática de snorkel e também para observação das tartarugas.

Para entrar na ilha você precisa pagar uma taxa equivalente a R$68,74, esse valor é referente a apenas um dia de permanência. Para acessar a tabela de preços clique aqui.

O que não falta em Noronha é atração, não é mesmo? Portanto, não se prenda a roteiros prontos e aproveite para explorar a ilha do seu jeito. Com ajuda de uma agência ou por conta própria; de buggy, bicicleta ou a pé; esse destino com certeza vai te oferecer tudo que você sonhou e muito mais.
Você já visitou Fernando de Noronha? Conte pra gente sobre a sua experiência! Acompanhe nossas páginas no Facebook, twitter e Google e fique por dentro de todas as nossas dicas para viagem.