Guia de Viagem: 6 dias de viagem em Roma

por Laryssa Xavier Compartilhe

Para quem gosta de cidades históricas, Roma é o destino ideal. Afinal, a capital italiana é um verdadeiro museu a céu aberto. Mas com tantas atrações turísticas que são verdadeiros cartões-postais, pode ser difícil montar o roteiro perfeito sem deixar nada de fora.

Pensando nisso, nós do Dicas Para Viagens preparamos um Guia de Viagem para você que quer conhecer a Roma em uma viagem rápida, mas suficiente para conhecer os principais pontos turísticos da cidade.

Ainda não tem passagens aéreas para conhecer Roma? Aproveite nossa parceria com o Passagens Promo e garanta até 30% de desconto na compra de seus bilhetes através do nosso buscador!

Roteiro de 6 dias em Roma

Seja em uma viagem curta ou longa, em Roma você sempre vai encontrar o que ver e fazer. A cidade é conhecida como “Cidade Eterna”, e até se você ficar perdido por lá, vai encontrar uma surpresa que não estava em seu roteiro, mas que certamente merece uma parada.

Ainda assim, a dica é planejar tudo com antecedência e se organizar para que sua viagem dos sonhos seja perfeita. Então, confira nossa seleção do que fazer em seus dias de viagem em Roma e aproveite!

1° dia em Roma

Guia de Viagem Roma 1° dia

Já dá para usar o primeiro dia da viagem para entrar no clima de Roma e se encantar ainda mais pela cidade com uma visita a trinca: Coliseu, Palatino e Fórum Romano. Esses são os pontos turísticos mais visitados da cidade e um bom lugar para começar o roteiro de viagem.

Muita gente se encanta pelo Coliseu por fotos e filmes, mas ver o maior símbolo do Império Romano – e o maior cartão postal de cidade – de perto é uma experiência única. A visita ao monumento é universal no roteiro de qualquer viajante que passe pela Roma.

Compre seu ingresso antecipadamente para não pegar fila. Afinal, estamos falando da principal atração turística de Roma.

Você pode fazer a compra pela bilheteria do Fórum Romano, já que a atração fica mais vazia, pois os turistas preferem visitar o Coliseu primeiro. O ingresso tem validade de dois dias e te dá acesso as três atrações, assim você pode dividir os passeios como preferir.

Dica: Você ainda pode optar por comprar o Roma Pass, um cartão que permite a entrada em muitas atrações da cidade – evitando filas, além de garantir passagem de ônibus. Demais, né?

Depois, é só seguir para as ruínas do Palatino e do Fórum Romano que completam o passeio do dia. Para quem gosta de história, esse pode ser um dos dias mais empolgantes do roteiro! Ao entrar nas ruínas, você vai estar onde um dia foi a Roma Antiga: no Palatino onde surgiu a cidade e no Fórum Romano onde foi o Centro de Roma.

2° dia em Roma

Guia de Viagem Roma 2° dia

É na região do rio Tibre que está o centro de Roma e você pode usar o segundo dia de viagem para conhecer os principais pontos que se encontram ao redor. Para começar, que tal uma visita ao Castelo Sant’ Angelo? Durante seus anos de existência já teve inúmeras finalidades: foi base militar, serviu de prisão e até casa do Papa!

Hoje, é um museu aberto ao público que se interessa ainda mais pelo local depois do lançamento do best seller Anjos e Demônios que narra passagens secretas de dentro do Castelo.

Bem em frente está a Fontana di Trevi, a fonte mais famosa de Roma e um passeio imperdível no roteiro de todo viajante. A tradição diz que quem joga uma moeda na fonte sempre volta a Roma. E o ritual vai ainda mais longe, se você jogar duas moedas, encontrará seu amor em Roma e se jogar três, terá a sorte de se casar na cidade eterna!

Depois de visitar a Fontana di Trevi, é só seguir para o Panthéon e se surpreender com um dos monumentos mais incríveis de Roma!

É um dos monumentos mais antigos da cidade eterna e o que sabe é que ele foi demolido e somente sua frente foi conservada – o que explica porque a sua entrada é composta por barras clássicas e o final do templo é feito por uma forma arredondada. Do lado de dentro, Panthéon também sofreu muitas reformas e surpreende sua arquitetura surpreende os visitantes também.

Para quem quer visitar o lugar a entrada é gratuita e o horário de funcionamento vai de 09h às 19:30h de segunda a sexta-feira. Aos domingos a atração funciona de 09 às 18h.

3° dia em Roma

Guia de Viagem Roma 3° dia

Depois de conhecer as principais atrações da cidade eterna, dá para tirar o terceiro dia da viagem para conhecer o Vaticano. Afinal, com certeza você já ouviu a expressão: “ir a Roma e não ver o Papa…”. Apesar de ser sede a igreja católica, o passeio não atrai só os religiosos não, mesmo os pertencentes de outras religiões ou de nenhuma saem de Roma para conhecer as belezas dos Museus do Vaticano e da Basílica de São Pedro.

O Vaticano está sempre lotado de turistas o ano inteiro, então algumas dicas para sua visita são válidas: a melhor forma de evitar filas é comprando ingressos antecipadamente. Você pode comprar na mão de ambulantes ou no site oficial, lembrando que a última opção é sempre a mais segura.
O ingresso custa 16 euros para uma visita guiada à Basílica de São Pedro ou visitas grátis sem guia. Para quem vai aos Museus do Vaticano o valor é de 29 euros – é preciso selecionar um horário de entrada no local para organização, mas uma vez lá dentro, você pode ficar quanto tempo quiser até o horário final de funcionamento do local.

Para quem está na Europa à estudo (e são menores de 26 anos) a entrada é de graça, assim como para crianças menores de 6 anos e para todas as pessoas no último domingo do mês.

Se você deseja ver o Papa durante sua visita, você pode acessar a agenda papal e fazer sua inscrição para tentar ser convidado para ver uma das missas. Se não for possível, toda quarta-feira, o Papa dá sua bênção para a multidão do alto da janela às 10h.

Agora, uma das dicas mais importantes para sua visita ao Vaticano: por ser uma área religiosa, as regras de vestimenta dos visitantes são estritas e se não seguidas, você nem conseguirá realizar seu passeio! Homens precisam estar de calça comprida e mulheres de ombros e pernas cobertas. Saia e shorts são permitidos desde que estejam na altura dos joelhos.

Para entrar nos Museus do Vaticano não é preciso seguir regras de vestimenta, mas para entrar nos outros locais é bom ir prevenido. Para quem é pego de surpresa, do lado de fora existem ambulantes vendendo echarpes e roupas para quem deseja se cobrir, mas o preço não compensa.

4° dia em Roma

Guia de Viagem Roma 4° dia

Muito conhecida por suas praças e fontes, Roma não decepciona com a beleza dos lugares públicos que encantam os turistas que passam por ali. E é por isso que separamos algumas praças e fontes para você conhecer no quarto dia da sua viagem.

Além da Fontana di Trevi, a Piazza Navona é uma das mais conhecidas de Roma – ficou especialmente conhecida por causa do filme Anjos e Demônios – e tem três diferentes fontes: a Fontana dei Quattro Fiumi, a Fontana di Nettuno e a Fontana del Moro. Ali geralmente ocorrem feiras de artesanato e pintura, e ao redor da praça tem muitas opções de bares e restaurantes para quem está em busca de um local agradável para passar um fim de tarde.

Diferente das outras praças, na Piazza Spagna a grande atração não é a fonte, mas a escadaria em frente a ela, que atrai muitos turistas. A escada foi construída para juntar à igreja Trinità dei Monti à praça e é comum ver as pessoas sentadas nos degraus para passar o tempo, aproveitar o dia, conversar ou comer.

5° dia em Roma

Guia de Viagem Roma 5° dia

Passar o dia ao ar livre é uma delícia! Uma boa opção é conhecer os parques de Roma e aproveitar a vista panorâmica da cidade que alguns deles oferecem.

A Villa Borghese é o principal parque de lá e o mais conhecido. Muita gente aproveita o parque para ter uma vista privilegiada da cidade, além de fazer caminhada, praticar esportes, andar de bike ou só passar um tempo ao ar livre.

Para quem tiver comprado o Roma Pass, ainda dá para usar algumas horas do dia para conhecer o Museu Galleria Borghese que está incluído no passe. Para visitar o museu é preciso agendar seu horário com antecedência pelo site.

Agora, se você não tem o Roma Pass, mas ainda sim quer conhecer o museu, o ingresso custa 11 euros e funciona de 09h às 19h, sendo a última visita às 17h. Lembrando que a reserva do horário é obrigatória.

Já para quem procura por uma experiência inesquecível, não há nada como ver o pôr do sol no Parque Gianicolo. Com uma vista panorâmica de Roma, é só sentar e esperar o espetáculo imperdível.

6° dias em Roma

Além de ser um grande museu a céu aberto, Roma também tem museus importantes para os fãs de história e arte. Para quem vai passar seis dias na cidade eterna, dá para aproveitar um dia para conhecer e se perder entre as obras.

Para quem quer fazer um passeio legal e ainda economizar, a dica é visitar o Museu Nacional Romano. Lá, estão reunidas obras que contam a história da antiga Roma.

Um dos museus mais antigos do mundo também está em Roma e não pode ficar de fora do roteiro: Os Museus Capitolinos. São dois edifícios situados na Piazza del Campidoglio: o Palácio dos Conservadores e o Palácio Novo, os dois são unidos por uma passagem subterrânea, então não é preciso sair do museu para passar de um para outro.

Não se esqueça de contratar um seguro viagem

Agora que você já tem em mãos seu roteiro de viagem para Roma, não deixe de contratar seu seguro viagem! Além de ser obrigatório para viagens para a Europa, ele vai te garantir de uma viagem super tranquila.

Aqui no Dicas Para Viagens, quem compra com a Seguros Promo tem 10% de desconto na contratação do seguro viagem. É só usar o cupom DICAS10 e aproveitar!

E que tal estender um pouco mais a viagem e conhecer a cidade das luzes? Aqui no DPV, além das passagens aéreas promocionais, você também encontra dicas para sua viagem à Paris!

Agora, se a viagem ainda não saiu do papel, veja nosso checklist com dicas importantes para preparar a viagem, o que providenciar, como se organizar e quais itens são obrigatórios na hora de visitar um destino internacional.