Hotel, Hostel ou Airbnb? Qual é a melhor hospedagem?

por Laryssa Xavier Compartilhe

Cada viagem que fazemos tem um orçamento, uma vibe e um tipo de hospedagem, né?! Podemos optar pelo conforto dos hotéis, economizar um pouquinho nos hostels ou, quem sabe, escolher a privacidade de alugar um espaço no Airbnb.

Graças à internet, escolher onde ficar durante uma viagem nunca foi tão fácil! Nos sites de reserva dá para encontrar de tudo: casas, apartamentos, quartos compartilhados, barcos e até casas em árvores! – e assim os hotéis deixaram de ser nossa única alternativa.

Temos um leque de opções para escolher, segundo nossas necessidades e preferências. Claro que, a gente sabe, não existe uma regra quanto a acomodação ideal e nem temos como dizer qual é a melhor ou pior.

Mas vamos mostrar alguns prós e contras de cada tipo de hospedagem para você descobrir qual combina mais com seu roteiro. Vamos lá…

Hotel

tipo de hospedagem

A gente não conhece um único viajante que nunca tenha se hospedado em um hotel!

Se você preza por privacidade, conforto e comodidade, não precisa pensar nem duas vezes, é só salvar os sites de reserva nos favoritos, porque esse tipo de hospedagem é o seu lugar!

Para quem quer descansar, a estrutura de um hotel atende super bem. E são vários tipos e para todos os gostos, do baratex ao luxuoso, e quase todos contam com as mesmas facilidades (como café da manhã, recepção 24h e serviço de quarto, por exemplo), apenas com diferentes níveis de sofisticação.

E, claro, ainda rola a garantia de que vamos encontrar aqueles requisitos básicos de todo hotel, como uma cama boa, um chuveiro quente e um quarto limpo. E para quem está com o orçamento tranquilo, rola de investir em acomodações 5 estrelas!

Sem contar que, ao escolher se hospedar em um hotel, você tem o conforto de ter uma recepção sempre funcionando para te atender a qualquer momento.

Pode ser que sua viagem seja curtinha também, coisa de um ou dois dias, aí nesse caso, o hotel também pode ser a melhor opção. Com uma pesquisa na internet, você reserva seu quarto com zero burocracia – o que é ótimo para quem tem pouco tempo.

Mas como nem tudo são flores… quem decide ficar hospedado em hotel precisa enfrentar alguns pontos negativos. Por exemplo, alguns podem não ser tão maleáveis com horário de check-in ou check-out, e isso pode acabar prejudicando o seu roteiro.

Se bater aquela fome de noite, suas opções são escolher alguma coisa cara do frigobar, pedir serviço de quarto ou sair para bater perna e encontrar um local para comer; cozinhar nem pensar.

Você também não vai ter a chance de conhecer muitos locais ou mergulhar a fundo na cultura, que é o que acontece quando nos hospedamos em casas, apês privados ou hostels.

Como escolher o melhor hotel?

tipo de hospedagem

Sua viagem é curta? Vai dormir apenas uma noite? Vá em busca de hotéis que atendam suas necessidades mais básicas, até porque você vai passar pouquíssimas horas por lá, né?!

Vale a pena consultar a localização e dar preferência para locais mais próximos do compromisso da sua viagem. Vai à trabalho? Para uma convenção? Fazer um curso? Já dá um google no endereço do local para ver quais boas opções você encontra pela região.

E, claro, a dica primordial, nada de reservar sem antes de ler os reviews sobre o hotel! Assim você evita de cair em uma furada e fica a par de tudo que os hóspedes anteriores acharam sobre a limpeza, cama, funcionários e muito mais…

Hostel

tipo de hospedagem

Eis o tipo de hospedagem perfeito para quem vai fazer uma viagem solo e quer conhecer gente nova! A interação entre os viajantes é de longe a melhor coisa de se hospedar em um hostel.

Antes se pensava muito em hostel como uma acomodação barata para os mochileiros de plantão, mas muita coisa mudou. Claro, os hostels em maioria ainda continuam sendo o tipo de hospedagem mais acessível, mas já dá para encontrar alguns bem sofisticados e caros.

Ainda assim, um ponto positivo é que, por ter uma vibe mais hiponga, os hostels costumam ter uma localização mais central e, como você pode compartilhar quartos com quatro, seis, oito e até doze pessoas, tem o bônus da economia.

Se você preza muito pela vida noturna, essa é a opção ideal. O ambiente costuma ser bem descontraído, com muitos espaços de convivência, e acaba ajudando a galera a fazer amigos para curtir uma festa, um bar ou até para fazer um tour juntos!

Então, se privacidade e conforto não são sua prioridade, os hostels são perfeitos para sua viagem. Principalmente se você está viajando sozinho ou só com amigos – e adora se divertir com uma galera mais jovem e animada! Alguns deles oferece até festinhas para os hóspedes.

Para aquelas viagens para destinos mais caros ou com muitas atrações turísticas, em que os gastos são bem maiores e as hospedagens mais caras, ficar em um hostel é a garantia de um preço menor e folga o orçamento para aproveitar mais.

Agora, decidido ficar em um hostel, já vai se preparando para o pior – porque, sejamos sinceros, você pode dar o azar disso acontecer! Não dá para saber quem vai ficar no hostel e no mesmo quarto que você até chegar lá.

Outra coisa que é bom já ter em mente é que, nem sempre dá para deixar sua mala por lá depois de fazer o check-out para continuar curtindo um último dia da viagem – e, se der, provavelmente você terá que pagar por isso.

Airbnb

tipo de hospedagem

Está aí um tipo de hospedagem queridinha dos casais. O Airbnb é uma plataforma para alugar quartos, casas e apartamentos inteiros, por um precinho bem camarada, para quem gosta de viajar com mais comodidade.

Ficar em uma acomodação do airbnb tem uma série de vantagens, a começar pelo fato de que você, a todo momento, vai tratar diretamente com o dono do lugar, então sempre rola de fazer alguns acordos, pedir para fazer um check-in antecipado se for o caso ou deixar as malas por lá para não perder tempo.

Além disso, é cobrado uma taxa para manter o site (o que no dá mais segurança, já que temos assim a garantia de assistência, caso dê algo errado).

Muitas vezes o preço chega a ser quase o mesmo que um hotel, e por mais que lá você tenha mais comodidade, o airbnb oferece mais conforto. E, claro, barateia e muito a viagem se você é do tipo de curte entrar em um mercadinho local, fazer compras e cozinhar.

Alugar casas ou apês inteiros pode ser uma boa alternativa para casais que querem mais privacidade e vão viajar por um período longo, viagens em família ou com grupos. Além de compensar financeiramente, você tem flexibilidade para fazer seus próprios horários, cozinhar, conversar até tarde, se divertir, etc.

Claro que, como em todo tipo de hospedagem, tem os pontos negativos. Pode ser que você não encontre as acomodações que mais te chamaram atenção para as datas que precisa, o anúncio pode não ser tão verdadeiro e, ao vivo, o lugar ser bem pior do que o mostrado pelas fotos.

Quem aluga apenas um quarto, pode dar o azar de não encontrar anfitriões tão solícitos. Por isso a dica é sempre ficar de olho no perfil dos anfitriões para conferir comentários de outros hóspedes que passaram por lá. Mais real do que a descrição que o próprio dono faz da hospedagem, é o que as outras pessoas comentam.

Por isso, leia sempre o anúncio com muita atenção e veja todos os comentários. As reviews nessa hora ajudam e pesam muito no momento de decidir onde ficar durante sua viagem.

Hotel x Hostel x Airbnb

tipo de hospedagem

Agora, que tal uma comparação rápida? Aqui no Dicas Para Viagens já tivemos oportunidade de ficar nos três tipos de hospedagem, e todos renderam boas e diferentes oportunidades.

Entre muitas experiências, já dividimos hostel mais simples com mais doze pessoas em Barcelona, um airbnb no Rio de Janeiro e outro em Paris, um ótimo hotel em Buenos Aires e um hostel mais sofisticado em Búzios. A verdade é que em todo destino você encontra as três opções, o segredo é descobrir qual o perfeito para você e sua viagem.

  • Custo
  • Quando falamos em custo, não é preciso ser nenhum gênio para saber que o hotel é, majoritariamente, a opção mais cara. Seguido de uma reserva no airbnb e o hostel, que apesar de vir quebrando a ideia de hospedagem barata, ainda é a opção mais econômica.

  • Limpeza
  • Se esse é um item importante para você, o jeito é ficar de olho nas reviews, já que não dá para ter certeza do estado do lugar até chegar lá. Claro que, reservando um quarto de hotel, esperamos encontrar tudo limpo e organizado, mas não dá para ter 100% de certeza de que isso vai acontecer.

    Já tivemos a experiência de ficar em hostels muito limpos e hotéis que deixaram a desejar nesse quesito. Como também já pagamos por airbnb’s com taxa de limpeza que pecaram na entrega de um apê nem tão limpo assim…

  • Privacidade
  • Não tem jeito, o hotel é o número um em questão de privacidade. Você reserva um quarto, fechou a porta, aquele espaço é seu. Não vai ter ninguém batendo em sua porta, por exemplo, a menos que você esteja extrapolando o horário do silêncio ou tenha pedido um serviço de quarto!

    Airbnb’s também têm um alto nível de privacidade. Você só vai precisar entrar em contato com o anfitrião se algo der errado, na hora de pegar/entregar as chaves, etc. Mas, claro, isso só no caso de quem aluga a casa inteira, né?

    Já no hostel… você não está esperando encontrar privacidade ao dividir um banheiro com oito pessoas, né? Tem a opção de quarto privativo, mas se for olhar pelo preço, aí você pode escolher uma das outras duas opções.

  • Segurança
  • Hotel sempre vai ser a opção mais segura. Afinal, tem gente trabalhando 24h por dia, você sempre tem a garantia de que irá encontrar suas coisas depois de um dia inteiro turistando e tem até cofre para quem tem algo de valor!

    Hostel é aquele negócio, né… espaço muito coletivo, muita gente, vai e vem o tempo inteiro. A gente acaba ficando com dúvida se, quando voltarmos, ainda vamos encontrar nossas coisas por lá. O segredo é investir nos cadeados e confiar!

  • Alimentação
  • Está aí um item que só respondendo algumas perguntas você vai conseguir ver qual a melhor opção. Tem café da manhã incluso? Não tem? Tem restaurante onde você vai ficar? Tem serviço de quarto? Se você quer total comodidade, o hotel é o tipo de hospedagem ideal.

    No airbnb você tem a liberdade de cozinhar o que quiser, na hora que quiser e ainda economizar. Agora, se optar por hostels, saiba que o café da manhã é honesto para o preço pago. Então, nada de esperar luxo se não quiser gastar um pouco mais, né?

Qual o seu tipo de hospedagem ideal? Se liga nos reviews!

Agora que você já sabe as vantagens e desvantagens de cada tipo de hospedagem, é só escolher a que mais combina com seu perfil de viajante e ficar de olho nos sites de avaliação para não entrar em furada.

Quer saber como avaliar reviews em sites de reserva? É só clicar no nosso post e ler as nossas dicas!

Passagens aéreas promocionais

Decidiu qual a hospedagem ideal para você? Agora é só correr no site do nosso parceiro Passagens Promo para ficar por dentro de todas as passagens aéreas promocionais, lá você encontra os melhores preços para conhecer o destino do seus sonhos. Aproveite!